Dalilah

Bailarina Noites no Harém Khan el Khalili São Paulo,3ª e 1ª Lugar no Festival Nile Group 2010 /2013 Cairo , Egito.Facilitadora da dança do ventre no Brasil há 12 anos ,Faz parte do seleto grupo de examinadores
no Selo de qualidade em dança Oriental Lulu Brasil, Coreógrafa da Dalilah Companhia Dança do Ventre cursou Licenciatura em Artes Cênicas na Faculdade Dulcina de Moraes . Iniciou sua trajetória de estudos em 1999, com vários cursos hoje proprietária da Dalilah Companhia de Dança do Ventre tem um trabalho significativo no Centro-Oeste e região.Em 2008 teve seu primeiro contato com então renomado Dr. Gamal Seif.Já em 2009 e 2010 e a partir daí foi ao Egito, Dubai , Líbano , Turquia se qualificar com cursos com Yoursery Sharif, Mahmoud Redá , Tito, Faruk , Farida Fahimy, Nur, Nevein,Nasra, Aida Nur, Khaled Seif, Sabrina , Abir, Amani entre outros profissionais da dança Oriental Árabe.

Ao dançar desperta a todos os presentes alegria, magia surpreendendo-os com sua técnica e musicalidade. Sua expressão enche os olhos dos espectadores movendo-os com uma leitura poética e com paixão. Como professora tem uma didáticaobjetiva, passando para suas alunas de maneira clara toda a magia e técnica .Proporcionando-lhes o que há de melhor na Arte da Dança do Ventre.

Professores que ainda hoje fazem parte de seu aprendizado:

Dalilah…
uma pedra preciosa… aos poucos foi se formando e monstrando um brilho diferente, parecia tão pequena e frágil, mas com o lapidar mostrou formas diferentes e ocupou um espaço bem maior… iluminou todo o lugar com seu brilho próprio… uma Pérola Negra…hoje, DALILAH dança com os instrumentos, seu corpo reage sentimentos e possui seu próprio estilo, sua alma respira dança… e minha alegria é fazer  parte da sua história… Amo você…        sempre …
Tia Monah Souad
Dalilah
Dizem que é nos pequenos frascos que residem os melhores perfumes. Pois bem, Dalilah irradia seu encanto de forma idílica. Sua dança proporciona isso. Possui astúcia e maturidade quando se apresenta. Tal astúcia é perceptível nos seus gestos cheios de graciosidade e sutileza. Mas não sem engane: em questão de segundos ela se agiganta em cena, denotando a força de uma mulher madura, com movimentos que traduzem intenção, equilíbrio e segurança. Elegância e inspiração juntam-se numa mesma bailarina para o deleite do público que aguarda tal profusão de emoções. Séria, compenetrada e extremamente responsável naquilo que faz, conquistou a veneração permanente daquelas que tiveram o privilégio em ser suas alunas. Dalilah realmente conhece os caminhos da entrega e da dedicação. Organizada e atenta a cada detalhe de tudo que faz, comprova ter um talento especial para ser reverenciada sempre. Do sorriso maroto a sublimidade poética.

Jorge Sabongi – Khan el Khalili

Comentários

Comentários